03 novembro, 2008

Apesar do que se lhe tem feito... ela continua preciosa!

01 setembro, 2008

Deixo um mail enviado hoje por uma amiga sobre adopção de animais.

" Escrevo para vos alertar o mais rapidamente possivel de uma pessoa que anda na net, nos anuncios e em todo o lado a tentar adoptar caes de porte pequeno.

Tive o azar de ja me ter adoptado uma MENINA de porte pequeno ha 1 ano atras e passado 2 meses abandonou-a na rua novamente (que foi quando me deixou de atender ou entao quando atendia dizia nunca estar cá).

A minha menina felizmente foi recolhida por uma Associaçao que a divulgou para adopçao e por PURA SORTE a reconheci logo.

Sou FAT, ajudo Associaçoes e volta e meia ajudo animais recolhendo-os em casa, dando lhe cuidados e arranjando lhes um lar. Apareceu esta Andreia para a Nina e depois de muita conversa, de ir ver a casa e de ver a adaptaçao da Nina na casa, estava tranquila. Tinha gostado das condiçoes, das pessoas, pareciam me sensiveis e com um bom discurso. E era-me permitida visitas (pelo menos inicialmente foi combinado isso ...mas nunca consegui ver a Nina quando a quis visitar) e mantinhamos contacto
telefonico. Ou seja quis manter um acompanhamento. E sempre disse que se alguma coisa nao corresse bem, qualquer problema...QUALQUER COISA....passado uma semana, um mês ou anos.....que me podia ligar e que eu iria logo lá busca.la sem problema!!! Pu-la completamente á vontade nesta questao.

FUI ENGANADA POR ESTA PESSOA QUE QUEM FALE COM ELA PARECE UM AMOR DE PESSOA OPTIMA DONA!!!

Por favor tenham muito cuidado porque ela voltou a querer animais. Ha cerca de UMA SEMANA CONTACTOU UMA AMIGA MINHA QUE TAMBEM TEM CAES a querer um de porte pequeno....como essa minha amiga ja tinha o numero dela gravado no TELEMOVEL como má adoptante....evitou uma desgraça.

CHAMA-SE ANDREIA NOGUEIRA, mora no Porto e tem um filho pequeno deficiente (é facil reconhecerem a pessoa mesmo que ela mude de telefone porque tem um filho deficiente).

TELEFONE: : 918430913 "

28 julho, 2008

Hotel para cães


Vá de férias descansado. Deixe o seu melhor amigo ao nosso cuidado!


ABRIGO – QUEM SOMOS?

A ABRIGO – Associação de Protecção à Fauna e à Flora - é uma associação sem fins lucrativos, fundada por um grupo de pessoas preocupadas com os problemas do Meio Ambiente e dos Animais, cujos principais objectivos se desdobram em três áreas de actividade:


1. Refúgio para animais abandonados;
2. Protecção dos animais, especialmente das espécies ameaçadas de extinção;
3. Protecção e cultivo das espécies vegetais ameaçadas de extinção.


No que respeita ao ponto 1 – Refúgio para animais abandonada – a ABRIGO dispõe de uma vasta área de 30 000 m2, constituída pelo terreno da propriedade denominada Quinta do Sol, em Vale do Paraíso – Azambuja, que foi cedida pela sua Presidente para sede da Associação.
Nela funciona um abrigo para animais abandonados constituído por vastas áreas arborizadas vedadas com muro e rede de malha plastificada. Em cada uma dessas áreas de vastos espaços, está construída uma casa de paredes de tijolo rebocadas e pintadas de branco, com tectos interiores de madeira ou placa de telhados exteriores de telha, chão de cimento. Em cada um dos espaços vedados há electricidade e em algumas delas aquecimento. Cada espaço arborizado com pinhal alija um pequeno grupo de cães, de um modo geral 3 a 6.
Todos os animais são desparazitados interna e externamente à sua chegada à Abrigo e vacinados.
São efectuadas visitas periódicas por um veterinário.
Existe um canil de isolamento, incomunicável para qualquer dos animais, destinado a animais doentes.
Existe também uma cozinha própria, com amplo arejamento.
Planeamos a instalação de uma clínica para intervenções cirúrgicas e tratamentos mais complexos numa sala da casa com entrada e saída directa ao exterior.
Na ABRIGO encontram-se alojados cerca de 80 cães.
A ABRIGO – Associação de Protecção à Fauna e à Flora - é inteiramente dependente do apoio financeiro privado.


Ao hospedar o seu cão na ABRIGO está também a contribuir para que dezenas de animais abandonados possam continuar a beneficiar da protecção desta Associação.
Os animais são alojados em parques. Não estão em boxes! A ABRIGO – Associação de Protecção à Fauna e à Flora - é inteiramente dependente do apoio financeiro privado.
Oferecemos um tratamento carinhoso e atento com espaços amplos onde poderão correr em liberdade e onde gozar umas “merecidas” férias!



TABELA DE PREÇOS (por dia)
Cães agressivos – 15€
Cães grandes – 8€
Cães médios/pequenos – 6€
2 ou mais cães que possam estar juntos 20% de desconto.
Desconto de 15% para sócios da ABRIGO
Pagamento antecipado (no acto da recepção)



Os proprietários devem levar, se for o caso:
1. Ração ou outro tipo de alimentação específica.
2. Medicação
3. Brinquedos
4. Roupas
5. Outros



CONDIÇÕES OBRIGATÓRIAS
1. Coleira contra pulgas e carraças.
2. Número de contacto do dono e do veterinário do cão.


CONTACTOS
TLF/Fax.: 263 475 123
TLM.: 933 660 916

Quinta do SOl - Casal do Seixo - Vale do Paraíso
Apartado Nº5
2050 447 Vale do Paraíso - Azambuja
Portugal

25 julho, 2008

O 'Artista' que matou um cão à fome

Em 2007, Guillermo Vargas Habacuc, um suposto artista, colheu um cão abandonado de rua, atou-o a uma corda curtíssima na parede de uma galeria de arte e ali o deixou, a morrer lentamente de fome e sede. Durante vários dias, tanto o autor de semelhante crueldade, como os visitantes da galeria de arte presenciaram impassíveis à agonia do pobre animal. Até que finalmente morreu de inanição, seguramente depois de ter passado por um doloroso, absurdo e incompreensível calvário.







Parece-te forte?
Pois isso não é tudo: a prestigiosa Bienal Centroamericana de Arte decidiu, incompreensivelmente, que a selvajaria que acabava de ser cometida por tal sujeito era arte, e deste modo tão incompreensível Guillermo Vargas Habacuc foi convidado a repetir a sua cruel acção na dita Bienal em 2008.

Facto que podemos tentar impedir, colaborando com a assinatura nesta petição: http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html

22 julho, 2008

EU labs

Ajudem.

:: aqui

O hambúrguer imortal

Uma pessoa nunca se farta de se espantar.
Deixo um video recente enviado por uma amiga:





27 junho, 2008

FreeRice


Um jogo engraçado que me deram a conhecer há uns tempos.
As regras são simples, por cada palavra que acertarmos, doamos 20 grãos de arroz através da UN World Program para ajudar a combater a fome.


:: FreeRice
:: World Food Programme [WFP]


publicidades que nos cativam o olho...



musica - Donovan, Catch de wind


:: ecomagination

26 junho, 2008

Na localidade de Cacia
Cão mutilado e deixado sem assistência no distrito de Aveiro


Citando comentário à notícia de hoje, "A nossa crise provém, essencialmente, do excesso de civilização dos incivilizáveis". (Fernando Pessoa)


:: ler notícia extendida aqui